LANXESS Brasil
LANXESS worldwide

Corporate Website en | de

Asia

EMEA

Americas

Interactive Worldmap

Find all the contact information for the LANXESS sites worldwide

find out more
Contact

História

A história fascinante da borracha sintética começou com uma idéia patenteada 100 anos atrás

A história fascinante da borracha sintética começou com uma ideia patenteada há 100 anos – e está muito longe de chegar a um fim. Em 1909, o químico Fritz Hofmann conseguiu produzir a substância elástica metil-isopreno, e abriu caminho para o desenvolvimento da borracha sintética. Hofmann realizou suas pesquisas nos laboratórios da “Elberfelder Farbenfabriken vorm. Friedr. Bayer & Co.” – uma empresa cuja tradição continua até hoje por meio do grupo de especialidades químicas LANXESS.

Não se sabia muito sobre a borracha na época. Somente por volta de 1905 descobriu-se que as moléculas deste material elástico continham várias sequências de moléculas de isopreno, mas ninguém sabia como uni-las. Mesmo assim, Hofmann decidiu tentar fazê-lo. Como era difícil produzir o isopreno de “módulo de borracha natural”, Hofmann rapidamente decidiu utilizar o metil-isopreno, que tinha uma estrutura química muito similar e era mais fácil de ser fabricado. Ele colocou o material em latas, aqueceu-as, e esperou – às vezes até mesmo meses.  Dependendo da temperatura, a substância formada nas latas era às vezes macia, às vezes mais dura, no entanto ela era sempre elástica. O resultado foi que Hofmann inventara a borracha-metil. A patente da primeira borracha sintética do mundo foi concedida há cem anos, no dia 12 de setembro de 1909.

A Continental, uma empresa importante de borracha, passou então a produzir os primeiros pneus de carro com este novo material, já em 1910. O chefe de Hofmann, Carl Duisberg, viajou 4.000 km com os pneus “sem nenhuma avaria”. Até mesmo o Imperador Alemão colocou os pneus em seu carro, e ficou “extremamente satisfeito” com os resultados.

  • Gallery